VOLTAR  

Dra. Lucy Kerr

p1

Quanto mais vasos há num tumor maior risco de ele estar emitindo raízes para o resto do corpo e menos tratável será

É bem conhecido da maioria das pessoas que os exames de rastreio de rotina devem ser realizados periodicamente para detecção de tumores que não seriam percebidos pelos sintomas. Entretanto, às vezes nós esquecemos desse conselho médico fundamental e depois poderemos lamentar e por isso estamos lembrando a sua importância.
Esse simples cuidado de saúde poderá evitar muitas complicações futuras, pois nenhum tratamento é tão efetivo na cura do tumor como o diagnóstico precoce, permitindo realizar tratamentos menos agressivos e mais resolutivos.

 

p2

Veja a diferença entre detectar tumor pequeno (à esquerda, de 5mm) e tumor grande (à direita de 38mm). A quantidade de vasos (imagens coloridas nas fotos) é bem maior no tumor grande detectado tardiamente, com metástases e será bem mais difícil de curar.

Nós recomendamos o exame tríplice para rastreio, que é associação de 3 exames realizados com a sonda de Ultrassonografia, mas em canais distintos do equipamento: o US, o Doppler e a Elastografia.
Ao final as informações distintas são integradas em uma interpretação única de cada lesão detectada, melhorando muito a precisão em relação aos exames realizados isoladamente, com maior sensibilidade e menos erros diagnósticos.
É uma excelente arma tecnológica incorporada para ajudar ao paciente na detecção precoce do câncer.

p3

Tumor de mama de 9.7mm, não palpável, que foi observado no exame tríplice da mama em rastreio de rotina. A imagem US à esquerda mostra o tumor e a Elastográfica 2D-com ondas de cisalhamento à direita, mostra a sua dureza, indicativa da malignidade da lesão.

Dra Lucy Kerr
Acesse http://www.portallucykerr.com/dra-lucy-kerr/ para ter acesso ao mini-curriculo da Dra Lucy Kerr

Deseja se cadastrar em nosso mailing?